© 2016 por Zaionara Gomes Blog

contato:

Se inscreva na minha lista e receba novidades e tenha acesso aos exercícios dos  vídeos com atividades.

Psicoterapia Online: Uma Novidade ou Não?

15.08.2018

 

É notório que as novas tecnologias já fazem parte das nossas vidas. As mídias sociais, WhatsApp, aplicativos de relacionamento, jogos online, cursos online e tantos outros recursos tecnológicos estão presente em diversos momentos de nossas vidas: lazer, relacionamento, estudo, negócios, autoconhecimento… Então o que faltava para que as pessoas também pudessem ter a apoio psicológico de qualidade com um profissional de confiança, em qualquer lugar que elas estivessem?

 

O Conselho Federal de Psicologia em 2012 regulamentou o atendimento online somente para que fossem realizados vinte sessões, uma decisão cautelosa enquanto vários outros profissionais como Coaches e Terapuetas já estavam atuando diretamente neste mercado online já alguns anos, sem limite de atuação. Infelizmente nós psicólogos ainda estávamos “amarrados” a forma de pensamento cautelosa do CFP, o que acabou abrindo mais espaço para outros profissionais no meio online mediante a carência de profissionais de psicologia no meio virtual. Mas parece que  a pressão da categoria e também de clientes que buscam alternativas de formas de atendimento psicoterápico, fez com que o CFP mudasse seu posicionamento e tornasse revogada a resolução de 2012.

 

E eis que surge uma novidade para nós profissionais de psicologia: o Conselho Federal de Psicologia publicou a RESOLUÇÃO Nº 11, de 11 DE MAIO DE 2018 que Regulamenta a prestação de serviços psicológicos realizados por meios de tecnologias da informação e da comunicação e revoga a Resolução CFP N.º 11/2012, o que nos permite prestar serviços de psicologia via online, sem limite de sessões.

 

Um dado importante surge no Art.2º da nova resolução, vejamos:

 

Art. 2º - São autorizadas a prestação dos seguintes serviços psicológicos realizados por meios tecnológicos da informação e comunicação, desde que não firam as disposições do Código de Ética Profissional da psicóloga e do psicólogo a esta Resolução:

I. As consultas e/ou atendimentos psicológicos de diferentes tipos de maneira síncrona ou assíncrona;

 

Talvez você não saiba, mas “de maneira síncrona” significa o que acontece simultaneamente, ou seja você e seu paciente estão ao mesmo tempo online e/ou ao vivo. E “maneira Assíncrona”, é aquela que pode acontecer em tempos diferentes, ou seja, seu paciente lhe envia um áudio por exemplo e você o responde posteriormente.   Ou seja, você pode atender seu paciente por vídeo chamada utilizando o Skype, WhatsApp, FaceTime, hangouts, etc.. e também por e-mail ou mensagem de texto.

 

Esta regulamentação com certeza nos dará mais possibilidade de atuação e maior crescimento da nossa Profissão. Contudo, ainda falta aos Conselhos Regionais se organizarem para como devem proceder à forma de cadastro dos Psicólogos que desejam atuar também na modalidade online, o que deve ser resolvido em breve, já que os conselhos geralmente tem um prazo legal de se adequarem às novas orientações do CFP de cerca de 180 dias.

 

Mas será que isso é realmente novo? Em 2012, a Folha de São Paulo publicou em sua página Saúde+Ciência o artigo que cita um estudo recente feito com dados de 36 mil pacientes do Reino Unido que “concluiu que terapia à distância é tão eficaz quanto a sessão no consultório. Foram comparados os resultados de pessoas atendidas por psicólogos à distância (por telefone ou Skype) com quem fez as sessões cara a cara. A eficácia das duas modalidades só foi diferente para quem tinha problemas mais graves (depressão severa e fobias) e idosos. O custo da terapia on-line foi 36% menor. Segundo o psicólogo Peter Jones, da Universidade de Cambridge, a terapia à distância facilita o acesso a serviços de saúde mental de pessoas com limitações de tempo, transporte ou com deficiências físicas. O estudo foi publicado na revista científica "PLoS One". ¹ Depois do estudo, o Governo do Reino Unido começou a treinar os psicólogos da rede pública de saúde para que os mesmos realizassem o atendimentos online.

 

O atendimento online não é novo, não é algo que começou agora. Desde que temos acesso a vídeo conferências é que as relações terapêuticas deram-se no meio virtual, sendo preconizadas por terapeutas e outros profissionais de autoconhecimento. Enquanto nós psicólogos não tinhamos o respaldo para realizarmos nossas práticas pelo meio virtual. Mas como diz o ditado popular: “antes tarde do que nunca”. Para você atuar online, é necessário você também estar “online”, criar uma forma de acesso e divulgação do seu trabalho no mundo virtual.

 

É claro que é necessário respeitar a ética nas relações profissionais em todos os ambientes, seja no online, presencial, nas empresas públicas e privadas. Para isso, temos nosso Código de Ética que nos orienta e baliza nossos atendimentos. O artigo 19 do Código de ética no enfatiza que “O psicólogo, ao participar de atividade em veículos de comunicação, zelará para que as informações prestadas disseminem o conhecimento a respeito das atribuições, da base científica e do papel social da profissão.”² Ou seja, ao fazer um vídeo ou uma postagem, ou dar uma entrevista, o profissional de Psicologia tem que estar atento ao que fala e como fala sobre sua profissão.

 

Sempre digo que o virtual possui a mesma dinâmica que o mundo presencial: temos que estabelecer rapport, contrato, preparar técnicas, organizar a agenda, realizar as anotações clínicas, cobrar adequadamente, preparar o ambiente e também se divulgar. Mas será que você está preparada(o) para isso? Será que nossas faculdades nos ensinam a fazer tudo isso? Ou vamos tentar no antigo método de erro e acerto?

 

Cabe a Você a reflexão!

 

 

-----------------------------

Se você quiser conhecer um pouco mais sobre o meu trabalho com o atendimento online, eu te convido a acessar a página  https://www.bemrelacionar.com.br/atendimento-online  para descobrir como viver todo o seu potencial.

 

 

 

Se você é psicóloga(o), 

 

Agora é a hora de recuperarmos o tempo perdido, e buscarmos nossa colocação e atuação não somente na clínica presencial mas também na clínica online, no mundo virtual. Se você quer aprender como entrar nesse novo mundo e começar a sua carreira profissional no virtual ou também incrementar a sua atividade no presencial, essa é a hora!

 

Eu atuo como Psicóloga Clínica acerca de 16 anos, e também como Coach. Fiz várias formações para isso, o que me trouxe muita experiência terapêutica, tanto no meio virtual como presencial. E eu quero compartilhar todo meu aprendizado de 16 anos  com você: ensinar a fazer o rapport com seu paciente, ensinar a criar seus formulários, técnicas, como cobrar, a como se divulgar, e muito mais!

 

Se você deseja se preparar para iniciar os seus atendimentos de forma online e presencial, fazer uma divulgação ética e eficaz eu te convido a me enviar um e-mail (contato@zaionaragomes.com.br) para conhecer mais sobre o meu trabalho e meus métodos que desenvolvi e aperfeiçoei nesses últimos 3 anos de prática de atendimentos online e dezesseis de atendimentos presenciais. 

Me sentirei honrada em compartilhar este conhecimento com Você!


-------------------------------

 

Referências:

 

  1. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/saudeciencia/72178-hc-testa-atendimento-psiquiatrico-on-line.shtml

  2. Código de Ética - Psicologia / Agosto de 2005.

Please reload