© 2016 por Zaionara Gomes Blog

contato:

Se inscreva na minha lista e receba novidades e tenha acesso aos exercícios dos  vídeos com atividades.

Insônia

Insônia é um quadro muito comum no mundo moderno. Ela se caracteriza por dificuldades em iniciar o sono ou tê-lo interrompido por vários despertares durante a noite, pelo fato de acordar antes do horário desejado e/ou por uma sensação de sono não reparador, mesmo dispondo de ambiente e oportunidade adequados.

 

É importante observar que para uma boa noite de sono, é necessário um ambiente adequado de sono, silencioso, uma cama confortável, com a temperatura agradável, pois tais fatores influenciam muito a qualidade do sono. Outra observação fundamental é dispor de tempo suficiente para poder dormir, porque com a “correria” do cotidiano, acaba-se pressionado a estar sempre alerta, deitar-se cada vez mais tarde e acordar cada dia mais cedo. Dessa forma também é necessário ter tempo suficiente para dormir, caso contrário se estará passando por um quadro de privação de sono.

 

Noites isoladas de insônia podem ocorrer - e ocorrem - durante a vida de qualquer pessoa. Porém quando esses episódios se repetem ao menos por 3 noites na semana acarretarão prejuízos à qualidade de vida da pessoa como: fadiga: mal-estar; distúrbios de atenção/memória; menor rendimento no trabalho, escola ou convívio social; irritabilidade ou perturbação do humor; sonolência diurna. 

 

Divide-se a classificação entre insônia aguda, se tais sintomas duram menos de 3 meses, e insônia crônica, se duram mais de 3 meses. Alguns quadros podem facilitar a ocorrência de insônia como depressão, transtornos de ansiedade, dor crônica, trabalhar em turnos, assim como pertencer ao sexo feminino e o envelhecimento. O uso de álcool, tabaco e bebidas com cafeína e outros estimulantes são grandes vilões na luta contra a insônia.

 

Com a insônia, há o aumento do risco de redução da qualidade de vida, acidentes de trabalho, doenças cardiovasculares, abuso de álcool e outras medicações, ansiedade e depressão.

 

É importante conversar com seu médico sobre o sintomas de sua insônia, para que possa ser feito o diagnóstico correto e iniciar o tratamento. Existem várias maneiras de tratar a insônia, desde medidas de higiene do sono, técnicas de relaxamento, terapia cognitivo-comportamental até o uso de medicações, com dose e tempo de uso estipulados pelo seu médico de confiança.

Bom sono!

 

Marcos Vinícius Cipriano

Médico psiquiatra e Especialista em Medicina do Sono

psiquiatradosono@gmail.com

(27) 98100 7900

 

 

Please reload